Inteligência Artificial: aplicação ao processo da adoção​

Inteligência Artificial: aplicação ao processo da adoção

Isabel Pastor | SCML (Coord.)
Paulo Cortez | Universidade do Minho (Coord.)
Ricardo Machado | Universidade do Minho (Coord.)
Ana Lima | Centro de Computação Gráfica (Coord.)
Susana Silva | ProChild CoLAB

O processo de tomada de decisão sobre a melhor correspondência entre  candidatos/as à adoção e o perfil de criança a adotar, carece de guidelines  específicas e critérios empíricos e objetivos. A investigação no domínio da inteligência artificial poderá apoiar estes processos de tomada de decisão.

  • Auxiliar o processo de tomada de decisão nos processos da adoção, com recurso a  técnicas de Data Mining e algoritmos de Machine Learning.

Implementação de modelos de Machine Learning nos processos de adoção da Santa  Casa da Misericórdia de Lisboa, para definição de modelos descritivos, preditivos e  prescritivos no apoio ao:

  • Estudo retrospetivo dos casos de interrupção da integração familiar adotiva e de reentrada dessas crianças no sistema de acolhimento após ter sido decretada a sua adoção;
  • Estudo dos perfis das crianças a adotar e das famílias candidatas à adoção;
  • Estudo dos critérios para definição de matching entre o perfil das famílias candidatas à adoção e o perfil das crianças a adotar.
Inteligência Artificial: aplicação ao processo da adoção​
Partilhar
Voltar ao topo